Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
Economia

Aposentadoria do INSS tem aumento de 4,48% e teto vai a R$ 6.101

Publicada em 11/01/20 às 09:49h

por Redação


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Os aposentados, pensionistas e segurados que recebem auxílios do INSS acima do salário mínimo terão seus benefícios reajustados em 4,48% neste ano. O índice corresponde à variação da inflação medida de janeiro a dezembro de 2019. 

Para calcular o reajuste dos benefícios acima do piso, o INSS utiliza a inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (10).

Esse indicador calcula a variação do custo de vida das famílias com renda mensal de um a cinco salários mínimos. Em 2019, o governo reajustou esses benefícios em 3,43%.

Com o aumento anual, o teto do INSS passa de R$ 5.839,45 para R$ 6.101,05. O teto é o valor máximo pago pelas aposentadorias do INSS e também é a referência para calcular o desconto nos salários dos trabalhadores com carteira assinada que ganham remunerações maiores. 

Para os beneficiários que recebem um benefício igual ao salário mínimo, o valor de sua renda aumenta de R$ 998 para R$ 1.039. Para calcular o valor do salário mínimo válido em 2020 o governo estimou uma inflação de 4,11% para 2019. Cerca de 70% dos beneficiários da Previdência recebem um salário mínimo. 

De acordo com o INSS, cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas estarão na folha de pagamentos da Previdência em 2020.

Os segurados que ganham mais que o piso e se aposentaram a partir de fevereiro de 2019 terão o primeiro reajuste proporcional, considerando a quantidade de meses em que o benefício foi pago no ano passado.

QUANDO CAI NA CONTA

O reajuste e o novo piso dos benefícios são válidos desde o dia 1º de janeiro de 2020 e o INSS começa a depositar os benefícios com aumento anual na folha de pagamentos de janeiro. Os beneficiários que recebem o salário mínimo terão o primeiro pagamento com reajuste entre os dias  27 de janeiro e 7 de fevereiro. Já os benefícios acima do piso serão pagos com o reajuste anual da inflação entre os dias 3 e 7 de fevereiro.
A data exata depende do número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço. 

Veja o calendário

Primeiro pagamento do INSS com o novo salário mínimo de R$ 1.039
Final do cartão - jan/20

1 - 27/jan
2 - 28/jan
3 - 29/jan
4 - 30/jan
5 - 31/jan
6 - 03/fev
7 - 04/fev
8 - 05/fev
9 - 06/fev
0 - 07/fev

Primeiro pagamento do INSS com reajuste anual (benefício acima do piso)
Final do cartão - jan/20

1 e 6 - 03/fev
2 e 7 - 04/fev
3 e 8 - 05/fev
4 e 9 - 06/fev
5 e 0 - 07/fev

Folhapress






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (89)994174693

Visitas: 1186922
Usuários Online: 266
Copyright (c) 2020 - Portal e Rádio Web Picos Mais - Foi Muito Bom ter Vocês Conosco Volte Sempre: Equipe/ Portal e Rádio Web Picos Mais FM